Don’t Believe The Hype: Bonde do Role – With Lasers

Antes eram apenas dois DJ’s curitibanos que tocaram em uma festa qualquer uma das suas criações, uma música que misturava funk carioca e Daft Punk. Infelizmente, eles não pararam por aí. Chamaram uma vocalista, jogaram tudo no MySpace e assim surgiu o Bonde do Role.

O Bonde do Role é a típica banda fajuta que anda rodeando o mercado fonográfico ultimamente. Muita imagem e pouca qualidade. Música ruim, teor pornográfico escrachado, integrantes descoladinhos, mas com algo de criativo, ousado, e divertidas referências à cultura pop com gírias de internet e vocabulário gay.

Escolhida pela Rolling Stone entre uma das 10 Bands to Watch os Brazilian party starters fazem uma mistura escrota de rock, axé, samplers de rock oitentista (como AC/DC e Alice in Chains), forró e sobretudo funk. São bem vistos na Europa, EUA, Canadá e Japão, talvez por apresentarem um som novo, diferente.

Fui ouvir o álbum ‘With Lasers‘ porque gostava do nome e sempre achei ‘Solta o Frango‘ e ‘James Bonde‘ divertidas.
Mas quando eu pus para tocar, parece que alguem pegou o meu ouvido e espremeu tanto que deu dor de ouvir.

Solta o Frango‘ traz a pérola: ‘Nós é tipo bom Jesus, todo mundo a gente ama, inda mais se for gatinha rola até levar pra cama. A gente topa tudo sapatão à bigodudo, na hora do piriri, cai nimim ô travesti.’

E em ‘James Bonde’: “Arriba! Arriba! James Bond é uma biba! Tatu! Tatu! James Bond dá o cu! Ola! Ola! James Bond chupa rola! Saci! Saci! Saci! James Bond travesti!”

Até aí tudo bem, são as faixas mais legais do álbum, dançantes, divertidas e com letras toleráveis. Dá até pra tirar onda na festa e se arriscar a dançar.

Marina do Bairro‘ é totalmente obscena e não dá pra aguentar todo o talento da voz de Marina Vello, ex-cantora da banda. Com letras gritadas, gemidas e nocivas ao ouvido.

Gasolina‘ é tão confusa com tantos remi-ixe-ixe-ixes. São quatro minutos de frases desconexas e onomatopéias estranhas como ‘Afri-afri-africa bambata, Marina Anfetamina, Mari-mari-mari-na Gasolina’ e Pumpumtchatchicuntchas bizarros.

Bondallica‘ mistura heavy metal e funk. Guitarras pesadas com batidas de funk que parecem tentar entrar em um acordo durante o decorrer da música, mas sem resultado.

Mais um estilo de música que faz sucesso sem merecer. Enquanto aqui é considerado algo como “anti-música”, em muitos lugares lá fora baile funk é tendência. Vai entender.

É o Bonde do Rolê no tamborzão. Alegria, paixão, sedução, direto no seu popozão -NOT

Rating: 1 de 5 bandas de rock de garagem finlandesas

Bonde do Role - With Lasers
(sem download, pro seu próprio bem)

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s