Don’t Believe The Hype: Bonde do Role – With Lasers

Antes eram apenas dois DJ’s curitibanos que tocaram em uma festa qualquer uma das suas criações, uma música que misturava funk carioca e Daft Punk. Infelizmente, eles não pararam por aí. Chamaram uma vocalista, jogaram tudo no MySpace e assim surgiu o Bonde do Role.

O Bonde do Role é a típica banda fajuta que anda rodeando o mercado fonográfico ultimamente. Muita imagem e pouca qualidade. Música ruim, teor pornográfico escrachado, integrantes descoladinhos, mas com algo de criativo, ousado, e divertidas referências à cultura pop com gírias de internet e vocabulário gay.

Escolhida pela Rolling Stone entre uma das 10 Bands to Watch os Brazilian party starters fazem uma mistura escrota de rock, axé, samplers de rock oitentista (como AC/DC e Alice in Chains), forró e sobretudo funk. São bem vistos na Europa, EUA, Canadá e Japão, talvez por apresentarem um som novo, diferente.

Fui ouvir o álbum ‘With Lasers‘ porque gostava do nome e sempre achei ‘Solta o Frango‘ e ‘James Bonde‘ divertidas.
Mas quando eu pus para tocar, parece que alguem pegou o meu ouvido e espremeu tanto que deu dor de ouvir.

Solta o Frango‘ traz a pérola: ‘Nós é tipo bom Jesus, todo mundo a gente ama, inda mais se for gatinha rola até levar pra cama. A gente topa tudo sapatão à bigodudo, na hora do piriri, cai nimim ô travesti.’

E em ‘James Bonde’: “Arriba! Arriba! James Bond é uma biba! Tatu! Tatu! James Bond dá o cu! Ola! Ola! James Bond chupa rola! Saci! Saci! Saci! James Bond travesti!”

Até aí tudo bem, são as faixas mais legais do álbum, dançantes, divertidas e com letras toleráveis. Dá até pra tirar onda na festa e se arriscar a dançar.

Marina do Bairro‘ é totalmente obscena e não dá pra aguentar todo o talento da voz de Marina Vello, ex-cantora da banda. Com letras gritadas, gemidas e nocivas ao ouvido.

Gasolina‘ é tão confusa com tantos remi-ixe-ixe-ixes. São quatro minutos de frases desconexas e onomatopéias estranhas como ‘Afri-afri-africa bambata, Marina Anfetamina, Mari-mari-mari-na Gasolina’ e Pumpumtchatchicuntchas bizarros.

Bondallica‘ mistura heavy metal e funk. Guitarras pesadas com batidas de funk que parecem tentar entrar em um acordo durante o decorrer da música, mas sem resultado.

Mais um estilo de música que faz sucesso sem merecer. Enquanto aqui é considerado algo como “anti-música”, em muitos lugares lá fora baile funk é tendência. Vai entender.

É o Bonde do Rolê no tamborzão. Alegria, paixão, sedução, direto no seu popozão -NOT

Rating: 1 de 5 bandas de rock de garagem finlandesas

Bonde do Role - With Lasers
(sem download, pro seu próprio bem)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s