Faixa Seis: Virada Cultural

Pois é, meus queridos, meus caros, meus amados e também nunca vistos: Faixa Seis também aborda o mundo dos expetáculos vivos. Como todo mundo sabe, virada cultural nunca tem divulgação decente… ao menos aqui em São Paulo, que toca gente pra caralho (até o som nosso de cada dia e terreno baldio tocaram ano passado) e ninguém ficou sabendo. E, como Faixa Seis também se importa com a maravilhosidade da cultura tupiniquim, aqui vão algumas das atrações que ocorrem entre os dias 2 (dois) e 3 (três) de maio.

Palco: Av. São João

  • Jon Lord e Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo: É simples: pra inaugurar o palco da Av. São João, só vem o quase-surdo e aposentado Jon Lord, junto com a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Eles só vão tocar o álbum Concerto pra Grupo e Orquestra, do Deep Purple, talvez mais umas músiquinhas, e irem embora. Chato, né?  02/05 – 18h10, Av. São João
  • Cordel do Fogo Encantado: dia 03, às 09h00, Av. São João
  • Zeca Baleiro: dia 03, às 12h00, Av. São João
  • Novos Baianos: Isso mesmo, os queridíssimos Novos Baianos (link f’seis), formação original com Moraes Moreira, Pepeu Gomes, Paulinho Boca de Cantor, Jorginho, Dedé, Baby do Brasil e a poesia de Luiz Galvão dando suas caras pra reviver, na Avenida São João, aquilo que quiçá nossos pais fizeram parte nos anos 70. 03/05 – 15h, Av. São João

Palco: Praça da República

  • Tutti Frutti toca Fruto Proibido: A banda Tutti Frutti, que acompanhou a Rita Lee no início da sua carreira solo, toca o álbum Fruto Proibido (sim, aquele que tem Agora Só Falta Você, Ovelha Negra, entre outras). Sonzaço, principalmente pelo Luiz Carlini, um dos melhores solistas de guitarra do Brasil. dia 02, 19h
  • Som Nosso de Cada Dia: Os pioneiros do Prog brasileiro, que ano passado tocaram o Snegs de cabo a rabo no Teatro Municipal, agora vão pro palco de Rock e, com certeza, vão arrebentar mais uma vez. dia 02, 20h50
  • Nação Zumbi: Manguebeat Rock and Roll de primeira. Altamente recomendado por seu show extasiante, diria que quase um ritual. dia 03, 12h
  • Ike Willis and The Central Scrutinizer Band: Pra fechar o palco de Rock, Ike Willis (parceiro de Zappa em vários discos) e a Central Scrutinizer Band vão tocar o puteiro com uma sonzeira que só se explica ouvindo. Bom pra quem curte uma psicodelia; excelente pra quem sabe o que significa a expressão “Frank Zappa”. dia 03, 17h20

É óbvio que tem mais uma porrada de show aí, portanto é melhor vc fazer algumas meioses se quiser acompanhar tudo o que vai rolar nessa virada. Quem quiser saber de mais coisas, como o grupo que representa Montmartre, Vanguart, Marcelo Camelo e o que mais interessar, fica o link: http://viradacultural.org

Quem quiser, me liga que estarei lá!

4 Comentários

Arquivado em los hermanos, Marcelo Camelo, Novos Baianos, Vanguart

4 Respostas para “Faixa Seis: Virada Cultural

  1. romitelli

    Mano, que post MARA!

  2. Ribas

    Hahaha eu sei como vc adora posts com milhares de tags!

  3. romitelli

    E eu nem sabia que ia ter tanta coisa boa na virada cultural!

  4. Pingback: Especial Coachella, ella, ella. « Faixa Seis

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s