Blasfêmia! Beirut – Gulag Orkestar

Às vezes, relendo meus antigos textos, fico surpreso como minha opinião e meu gosto musical pode mudar em espaços de tempo tão curtos. No post que tratava do The Flying Club Cup, cometi o crasso erro de chamar o disco de estréia do Beirut, o Gulag Orkestar, de “apenas mediano.”

Como estava errado, caros leitores! Foi só dar um pouco de chance a ele para que conquistasse um respeitável lugar na lista dos meus albuns favoritos. De fato, o segundo cd conta com uma banda mais madura, dona de um som elegante e moderno, mas a viagem pelos balcãs do Gulag, ainda que menos consistente, é simplesmente estupenda!

Desde a faixa título, as cores que acompanharão o restante do disco ficam bem evidentes; sopro, percussão e instrumentos típicos do leste europeu convergem para criar seu som único. Prenzlaurberg e Bradenburg, ótimas, crescem com o tempo e são de uma vertente bem menos pop que a charmosa Postcards from Italy. Mount Wroclai refresca o meio do cd com seu acordeon, enquanto Rhineland, que empresta seu nome de uma bucólica região da Alemanha, é a mais inebriante delas.

Nem de longe tão bela quanto a versão do EP Lon Gisland, Scenic World é seguida pela mediana Bratislava. The Bunker é separada ao meio de forma interessantíssima, e The Canals of our City segue um caminho mais tranquilo e simples. Por fim, After the Curtains fecha as curtinas com um quê de experimentalismo.

Ou seja, faça o mesmo, baixe Gulag Orkestar e dê uma chance para que ele te conquiste também.

Beirut – Gulag Orkestar (2006)

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s