Beirut, a banda, não o sanduíche.

Uma espécie de alter-ego do frontman Zach Condon, o Beirut troca mais rápido de membros do que de bigode; envergando ukuleles, tamborins e trompetes, formam uma espécie de big band indie-folk. Buscam inspiração, principalmente, na música sul e leste européia, flertando ainda com influências ciganas e estranhas.

Lon Gisland é o segundo trabalho comercial e o primeiro EP (extended play, para os leigos) da banda. Segue a linha um tanto esquizofrênica de Condon, colocando ótimas e inebriantes músicas ao lado de dispensáveis outras. Elephant Gun, por exemplo, justifica o disco sozinha; é estupidamente viciante e inspirada, apresentando um trompete afiado. My Family’s Role in the World Revolution parece ter sido gravada ao afinar os instrumentos; é aquela música que você pula quando ouve o album “inteiro”.

A terceira faixa, por sua vez, mostra novamente a genialidade do conjunto. Scenic World é envolvente, viajante; faz um convite ao doce, doce ócio. “I try to immagine a careless life, a scenic world where the sunsets are all breathtaking“.

Após The Long Island Sound, uma espécie de rearranjo mais curto de Elephant Gun, segue Carousels. Colorida e cadenciada, fecha de forma concisa e melodiosa o EP.

Veredito final? Um album inconstante, sim, mas indispensável como introdução à experiência única que o Beirut representa. Postarei em breve Gulag Orkestar, o primeiro disco de estúdio da banda.

Beirut – Lon Gisland EP (2007)
Rating: 3,5 de 5 polaroids de imprimir na hora.

1 comentário

Arquivado em Beirut

Uma resposta para “Beirut, a banda, não o sanduíche.

  1. Eduardo Romitelli

    Posta o The Flying Club Cup!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s